Setor náutico define com prefeitura as diretrizes para regularização das marinas

Setor náutico define com prefeitura as diretrizes para regularização das marinas

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, reuniu representantes do setor náutico na manhã dessa segunda-feira (9), para tratar sobre licenciamento de marinas no município.

Na conversa com 13 representantes de marinas, o chefe do Executivo apresentou o trabalho do Governo Municipal, por meio das secretarias de Meio Ambiente (SEMAM) e Urbanização (SEURB), na elaboração de diretrizes que possibilite o desenvolvimento, de maneira sustentável, para o setor, e alinhado com as leis estaduais e federais.

“Esta Administração Municipal está tendo o cuidado de ouvir cada setor da sociedade, saber suas necessidades e ouvir suas contribuições. Somos a favor do diálogo. Estamos na elaboração do projeto do Plano Diretor, há dois anos e meio, e fazemos de maneira próxima da população” disse o prefeito Felipe Augusto, a respeito da criação de diretrizes que podem nortear o turismo náutico no município, além da Lei de Uso e Ocupação do Solo.

Segundo o prefeito os esforços são para organizar o município, que cresceu e desenvolveu diversos setores com o tempo, como por exemplo, a normatização de clubes náuticos, iates clubes, marinas e garagens náuticas.

Diálogo – Joanir Antônio Palmeira, da Náutica Barequeçaba, elogiou a iniciativa da prefeitura em conversar com os empresários, antes de decisões que afetem todo o setor.

“O diálogo foi muito produtivo. Este prefeito tem visão de futuro, e agora acredito no desenvolvimento do turismo e do município. As marinas geram empregos, e não é um setor poluente como muitos querem dizer. Nós respeitamos as legislações”, destacou Joanir.

O presidente da Associação das Empresas Náuticas do Litoral Norte do Estado de São Paulo, Flávio dos Santos Pereira, que também representou a Key Marine, avaliou como positiva a reunião.

“Há 20 anos que sofremos e ansiamos pela regularização, e essa é a primeira vez que um prefeito nos ouve, e chama para conversar. É a primeira vez que um prefeito voltou o município para o mar. Antes a cidade via apenas a serra, e dava às costas ao mar. Hoje, o município começa a compreender sua vocação natural: o turismo náutico. Essa reunião foi muito boa, e melhor, transparente”, considerou.

Gostaria de dizer algo ?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*