Litoral Norte espera 2 milhões de turistas para o Réveillon

Litoral Norte espera 2 milhões de turistas para o Réveillon

 

Um ano de crise, difícil, um ano para esquecer. Assim foi 2016 que vai dando tchau em sua mais plena forma. Quente. Com temperaturas de alto verão batendo a casa dos 30 graus. Centenas de milhares de turistas já lotam as quatro cidades do Litoral Norte de São Paulo aproveitando as praias, gastronomia e lazer para descansar e recarregar suas baterias a espera de 2017.
Somente em Ilhabela haverá queima de fogos promovida pela Prefeitura Municipal em seis pontos diferentes do arquipélago, no próximo sábado (31), ultimo dia do ano, a partir das 22h com shows e DJ’s. Turistas e moradores poderão curtir as atrações momentos antes da virada para 2017, nas praias da Pedra do Sino, Portinho, Pereque, Vila, Itaquanduba e Praia Grande. Tudo de graça.
E o Réveillon ainda promete atrações para todos os gostos, um dia antes, no dia 30, última sexta-feira do ano, o cantor Péricles agita a ilha com show no Ginasio Gilson Gomes Pinna, no Itaquanduba, com a presença exclusiva do DJ Puff e MC Pikachu. A abertura dos portões esta prevista para começar às 18h. Os ingressos são vendidos na Padaria Itaquanduba.
A previsão das prefeituras entre Natal e Ano Novo são de pelo menos 2 milhões de turistas passando pela região nos dois feriados. A viagem de São José dos Campos até São Sebastião, por exemplo, pela rodovia dos Tamoios nos últimos dias leva em média 4 horas.
De acordo com a Dersa, que faz a travessia entre São Sebastião e Ilhabela, sete balsas seguem em operação nestes dias de movimento intenso. Do continente para a o arquipélago, mesmo assim o tempo de espera tem sido de aproximadamente 60 min. No sentido inverso, cai para 30. A travessia recebeu no dia 24 de dezembro a balsa FB-29, que foi reformada com capacidade para 40 veículos. Com esse reforço operacional, a capacidade da travessia sobe de 353 para 413 veículos por hora em cada sentido. “Só ter paciência que vamos chegar. Esperamos tanto para ver o mar e descansar nada é problema”, disse o analista de sistemas, Roberto Farias, 35, que veio do interior de São Paulo para Ilhabela e enfrentava a fila da balsa com a família sem pressa de voltar para casa.

Expectativa – Para receber tanta gente hotéis, pousadas e restaurantes apostam no tempo bom e investem em itens de conforto para agradar os visitantes. Apesar disso, um reflexo do feriado de Réveillon cair em um domingo, sem emendas, o Sinhores sindicato que representa hotéis, pousadas, bares e restaurantes considera a taxa de ocupação uma das mais baixas já registradas na história.
Existem opções para todos os gostos e bolsos. Os turistas de última hora que ainda buscam vagas precisam correr. Em razão da crise, muitos meios de hospedagem trabalham com preços aplicados em temporadas passadas. A diária média varia de R$ 300 a R$ 3mil.
Mas para quem quer conforto e pode pagar por ele existem pacotes convidativos. No hotel Porto Barra do Piúva, um dos mais conhecidos em Ilhabela, por exemplo, até ontem somente dois quartos estavam disponíveis. O pacote do dia 28 de dezembro a 2 de janeiro para o casal em quarto com vista total para o mar, ceia para o Ano Novo, sinal de internet e outros mimos sai por R$ 7mil, parcelado em até 10 vezes no cartão de credito.
Ilhabela deve receber até a próxima segunda-feira, primeiro dia de 2017 cerca de 500 mil veranistas. Caraguá 750mil, São Sebastião 300 mil turistas; já Ubatuba, segundo a prefeitura, contabiliza 1 milhão de turistas entre o Natal e Ano Novo.

Tempo – O sol e o calor devem predominar na região até o próximo sábado com temperaturas máximas em torno dos 38°C nas quatro cidades. Há previsão de pancadas de chuva no fim do dia sábado (31), à tarde com trovoada, segundo o Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), de Cachoeira Paulista, órgão do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Por Marcello Veríssimo – Fotos e texto 

Gostaria de dizer algo ?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*